Sobre nos

25 DE ABRIL, SEMPRE NO AR

O Evento

Se a I República se ganhou pelo telégrafo, o 25 de Abril ganhou-se pela rádio”, Capitão Salgueiro Maia

A frase de um dos heróis do 25 de Abril de 1974 ilustra bem o papel transcendente que a rádio protagonizou na Revolução dos Cravos. Por isso mesmo, há poucos lugares onde este cinquentenário pode ser comemorado com tanto eco como no Longueur d’ondes – festival de la radio et de l’écoute, um dos maiores festivais de rádio do mundo, que dedica, na edição de 2024, um ciclo de sessões ao aniversário redondo do “dia inicial inteiro e limpo”.

O Festival Longueur d’ondes, fundado em 2002, assumiu desde logo a posição de maior festival francófono, fazendo de Brest uma das capitais mundiais da rádio.

O ciclo “25 de Abril, sempre no ar” decorre entre fevereiro e maio de 2024 e vai contar com 12 sessões, 15 convidados e viajar por dois lugares emblemáticos: Brest, no Festival Longueur d’ondes, e Lisboa, no Museu do Aljube – Resistência e Liberdade.

Este ciclo é composto por sessões de escuta, mesas redondas, conversas, sessões para público escolar e uma série de podcasts.

Curadoria: André Cunha & Festival Longueur d’ondes
Co-produção: Longueur d’ondes & SERENA Productions
Parceiros: La Ville de Brest; Camões – Instituto da Cooperação e da Língua; Museu do Aljube e Observatório da Canção de Protesto
Convidados: Adelino Gomes, André Cunha, Elsa Cornevin, Fernando Alves, Francisco Fanhais, Irene Aurora Paci, Irene Flunser Pimentel, Isabel Meira, João Brites, Kaye Mortley, Luísa Semedo, Pedro Rosa Mendes, Quentin Burel, Victor Pereira

Para ler mais sobre o ciclo, consulte a BROCHURA DIGITAL.

Os nossos parceiros

                                                                                     

PARTILHAR