Sobre nos

A Odisseia de Fernão de Magalhães

Un film de François de Riberolles

Magalhães queria realizar o sonho de Cristóvão Colombo. Em 1519, o capitão português Fernão de Magalhães
organiza uma insensata expedição que deveria levar 237 homens até às Molucas, mas vai fazê-lo tentando o
caminho para oeste. Entregou-se a este projeto desvairado num mundo em que ainda não se conheciam as suas
dimensões exatas, tendo o vento como única força motriz, ao longo de costas perigosas e desconhecidas, rodeado de
uma tripulação de espanhóis desconfiados, em latitudes onde nenhum barco tinha antes navegado.

Sob o seu comando, cinco navios partiram de Sevilha no dia 10 de agosto de 1519, mas após três anos de
peripécias que estariam ao nível dos mais belos livros de aventuras, apenas 18 marinheiros doentes e esgotados
voltaram a subir o rio Guadalquivir até Sevilha, no único dos navios ainda em condições de flutuar, o “Victória”. Eles
tinham acabado de dar a primeira volta ao mundo.

Quase por milagre, o cronista de bordo fazia parte desses 18 sobreviventes, o italiano Antonio Pigafetta trazia consigo
um livro manuscrito no qual registou cada jornada desta fabulosa epopeia. Outras cartas e testemunhos, além de
mapas da época, permitem reconstituir esta história verdadeira que mudou a visão do mundo. O quinto
centenário da viagem é comemorado entre 2019 e 2022, e é o momento perfeito para voltar a dar vida a uma das mais
extraordinárias aventuras marítimas de todos os tempos.

Créditos

Imagem: Vincent Mathias & Maxime Beauquesne
Animação: Ugo Bienvenu
Som: Nicolas Becker
Montagem: Sabine Emiliani
Música original: Quentin Sirjacq & Nicolas Becker
Produção executiva: Camera Lucida Productions
Coprodução: Canal ARTE | SERENA Productions

PARTILHAR